Prêmio FIESC A Indústria pela Educação

14/11/2014

13_1.jpg

Prêmio FIESC A Indústria pela Educação - BN é reconhecida na categoria Categoria Elevação da escolaridade básica - Média Empresa

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) premiou nesta quinta-feira, dia 23, as nove empresas vencedoras do Prêmio FIESC A Indústria pela Educação. A iniciativa identificou as melhores práticas educacionais executadas por companhias catarinenses. Mais de cem projetos foram inscritos. A entrega do prêmio ocorreu durante a segunda edição do Workshop Internacional de Educação, realizada na sede da Federação.
Questões como o impacto na produtividade do trabalhador, a coerência em relação ao planejamento da companhia e a disseminação da prática estão entre os itens analisados pelos jurados. Foram premiadas empresas que adotam estratégias para elevar a escolaridade dos seus trabalhadores, a qualificação profissional e tecnológica ou que executam programas de desenvolvimento de competências, de acordo com o porte: pequenas (até 99 colaboradores), médias (de 100 a 499 colaboradores) e grandes (acima de 500 colaboradores).
As práticas foram avaliadas por representantes da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH/SC); do Conselho Estadual de Educação; da Fundação Maurício Sirostsky Sobrinho; do Instituto Federal de Educação; da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), e da Secretaria Estadual de Educação.
Workshop Internacional
Educação de qualidade e competências para o século XXI esteve entre os temas centrais da conferência internacional que contou com a participação da presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna, e de especialistas da Polônia e da Finlândia. O encontro, reuniu lideranças empresariais, gestores municipais e educadores.
Conheça as práticas vencedoras:
Categoria Elevação da escolaridade básica:
BN Papel Catarinense, de Benedito Novo (média empresa): até 2016, a empresa quer ter 90% dos seus colaboradores com a educação básica completa. A meta foi estabelecida no programa Fundamentando Sonhos, criado para melhorar os índices de escolaridade dos trabalhadores. Entre os incentivos estão o subsídio para consultas oftalmológicas e óculos e a promoção condicionada ao nível de escolaridade. A empresa de médio porte já foi reconhecida duas vezes consecutivas como uma das melhores empresas para trabalhar em Santa Catarina.

Outras Imagens